sexta-feira, 7 de novembro de 2014

REDAÇÃO NOTA 1000 CORRIGIDA E COMENTADA!!!!

 EDUCAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL!


           
            Na era do conceito e da informação, a educação pública no Brasil enfrenta desafios. Destacam-se: a erradicação do analfabetismo, a diminuição do analfabetismo funcional e a redução da taxa de evasão tanto na educação básica como no ensino superior.
           
            Vale ressaltar a importância do PNE (Plano Nacional de Educação), sancionado em junho de 2014, para a superação desses desafios sobretudo a partir das metas e estrategias que tratam do combate ao analfabetismo funcional e da construção de escolas de tempo integral.
          
           Somente no Ceará, foram construídas mais de 200 escolas, incluindo as de tempo integral, entre 2010 e 2014. O Governo Federal implantou o sistema de cotas em várias universidades públicas, criou o programa Ciências sem fronteiras e o Prouni.

         Neste sentido, convém que o Governo Federal crie o cartão universitário para o custeio de transporte, alimentação e livros, destinado aos alunos oriundos de escolas públicas cuja renda não ultrapasse três salários mínimos. Além disso, estenda a escola de tempo integral também para o quarto e quinto ano do fundamental I.




COMENTÁRIOS DO CORRETOR:

COMPETÊNCIA I: O texto não apresenta desvios da norma padrão, exceto a palavra "estrategias" (Linha 08) que não foi acentuada. Não há erros considerados gravíssimos, como quebra na concordância verba e desobediência à ortografia vigente.

COMPETÊNCIA II: O texto é constituído de uma introdução composta de contextuação, a partir da estratégia histórica, combinada com a tese em forma de enumeração. No desenvolvimento, (2º e 3º parágrafos), apresenta explicações e argumentos consistentes, pautados no conhecimento da realidade atual do país, obedecendo à estrutura dissertativo-argumentativa. 

COMPETÊNCIA III: Mesmo não utilizando opiniões, deixando de empregar o recurso de autoridade, o texto registra indícios de autoria própria, possui argumentação consistente, organizando informações e argumentos em defesa da tese expressa na introdução. 

COMPETÊNCIA IV: Os conectivos são empregados adequadamente, com o auxílio da pontuação. Os processos de coordenação e subordinação não apresentam desvios sintáticos ou semânticos. O encadeamento lógico dos parágrafos é garantido pelo uso de locuções conjuntivas, pela continuidade e progressão das ideias.

COMPETÊNCIA V: A intervenção está relacionada com a tese, é uma resposta à discussão gerada no desenvolvimento, não tangencia o tema, é inovadora e concreta, embora descreva com poucos detalhes a segunda parte: "tempo integral para o 4º e 5º ano do Ensino Fundamental I".

Professor corretor Everli Eduardo: 
Licenciado em Letras/Português pela Universidade Federal do Ceará (UFC)
Atualmente é coordenador pedagógico da Escola Municipal.
Bacharelado em Filosofia pela FACAP.
Especialista em Gestão Escolar - Darcy Ribeiro.






Nenhum comentário:

Postar um comentário